Resultados rápidos com link patrocinado: dou-lhe uma, dou-lhe duas

link-patrocinado-img-2

Com certeza você já observou, nos resultados de pesquisa do Google, aqueles links que aparecem nas primeiras posições e no final da página com um selo verde “Anúncio”. Pois bem, este são os Links Patrocinados que você tanto escuta ou lê quando o assunto é marketing digital.

Esta ferramenta possibilita que a sua marca esteja em destaque, mas não é tão fácil obter o melhor custo benefício. Assim como a busca orgânica, que exige estratégias para posicionar o seu site, também é preciso que a sua campanha de links patrocinados seja bem administrada. Assim você conquistará posicionamento com mais facilidade e com um investimento menor.

Nas campanhas de links patrocinados você irá escolher as palavras-chaves relacionadas ao seu segmento e a cobrança será feita por CPC (Custo Por Clique), ou seja, cada vez que alguém digitar as palavras-chave que você escolheu seu anúncio irá aparecer, e você pagará no momento que o usuário clicar. O Google privilegia quem tiver bons anúncios e páginas de destino relevantes, ou seja, um bom Índice de Qualidade. É claro que o Google Adwords funciona como uma espécie de leilão, tendo melhores posicionamentos de acordo com o lance (R$), mas nem todos sabem como construir um Índice de Qualidade e otimizar esses custos.

Para o Google, um anúncio de qualidade, que apresenta mais relevância e credibilidade para o usuário, é o ideal para ser exibido. Então nem sempre pagar mais pela palavra-chave é o único fator relevante para se destacar à frente dos seus concorrentes.

Toda a estratégia de links patrocinados é desenvolvida através de um estudo de mercado, por exemplo, existem ferramentas específicas para descobrir as palavras-chaves mais interessantes de se trabalhar. Depois é preciso criar chamadas que convençam o leitor a clicar nos anúncios, lembrando que o Google entende que quanto mais cliques, mais relevante aquela publicidade, o que melhora o índice de qualidade.

Agora é só deixar rodar as campanhas? Não!

Outra parte fundamental do trabalho é acompanhar o andamento, assim é possível determinar quais as palavras-chaves que contém o melhor custo-benefício. Isso é possível através de relatórios que o Google disponibiliza, por eles podemos avaliar inúmeros KPI’s (Key Performance Indicator), que são indicadores de performance, e medir o desempenho das campanhas, como por exemplo a taxa e o custo de conversão de cada palavra.

Tiago Eduardo Sobre o Autor