Saiba como ter um Call-to-action eficiente e aprimorar seus resultados

Call-to-action

Diariamente somos impactados com chamadas indicando ações que devemos ou não fazer, são placas de trânsito, avisos de segurança, entre outros. Na internet, isto também acontece, são diversas sinalizações que apontam caminhos e atividades a serem seguidos. Estes links e botões são denominados de “call-to-action”, ou seja, “chamada à uma ação”, e tem como função indicar para o usuário como ele deve agir em determinada situação. O CTA, geralmente, aponta ações como fazer um cadastro para receber newsletter, preencher um formulário, fazer um download, pedir um orçamento, fazer um teste gratuito de software ou acessar um link de um post no blog. CTAs atrativos e eficientes pode ajudar e muito na melhora da conversão de sites e blogs, mas para isto devem ser claros, objetivos e ter uma forte relação com sua proposta. Confira algumas dicas da Go Biz sobre como fazer um Call-to-action eficiente.

 

Qual o desejo do seu usuário?

O que levou as pessoas até o site? O que elas estão procurando? É necessário que você saiba o que os usuários desejam para que você insira o call-to-action correto na página. Mesmo uma chamada bem-feita, na página ou momento errado não terá efetividade e não gerará as conversões desejadas.

 

Cor utilizada

A cor utilizada nos botões de call-to-action é muito importante para os resultados apresentados. Opte por cores que combinem com o layout da página, mas se destaquem dentro do contexto geral. Lembre-se que todos os elementos do site, incluindo textos, imagens e logotipo, estão concorrendo diretamente com a chamada pela atenção do usuário, ela precisa ser chamativa o suficiente para que em poucos segundos de visualização, o usuário seja capaz de identificá-la.

 

Páginas “poluídas”

Lotar as páginas com diversas imagens, botões, textos, anúncios e outros elementos, dificulta que o usuário encontre e identifique rapidamente o call-to-action. Muitas informações impactam diretamente nos resultados, nenhum usuário irá ficar procurando um botão específico em meio a uma página repleta de informações.

 

Títulos

Os títulos precisam convencer os usuários a clicar no botão, por isso deve ser claro, atraente e explicativo. Textos foras do contexto ou pouco atrativos não vão convencer os usuários a seguirem o caminho planejado por você. Textos como “clique aqui” ou “fale conosco”, não são indicados, pois não geram interesse e nem oferecem nada relevante ao usuário.

O texto do call-to-action precisa guiar o visitante e dar segurança a ela que é confiável fazer a ação recomendada. Por isso, o botão deve estar inserido em um contexto e nunca sozinho na página.

Confira algumas dicas:

– Comece com os verbos e seja direto. Se você quer que o usuário faça algo, explicite qual é essa ação.

– Verbos no imperativo ou infinitivo. É indicado que seja feito um teste para encontrar a versão que funciona melhor com seu público.

– Crie urgência. Use palavras como agora e hoje.

– Indique os benefícios com números, assim ficará claro quais as vantagens de realizar aquela ação.

 

Formato ideal

O formato ideal para o call-to-action da sua página, só você é capaz de definir. Porém existem três versões mais utilizadas: botões, banners e links em textos. Os botões são o formato mais utilizados para Call-to-action, usados nos mais diversos sites, eles facilitam a ação do usuário em relação a uma decisão tomada naquele momento. Os banners são mais utilizados em blogs, mídias sociais e anúncios em redes de display. Apesar de muitos acharem que esta alternativa se refere apenas a blogs, também pode ser utilizado em ebooks, vídeos e e-mails.

 

Posição

Para facilitar a visualização do visitante, a chamada deve ocupar um local de destaque na página. Especialista indicam que ela fique “above the fold”, ou seja, a vista do usuário sem que ele precise rolar a barra da página. As áreas superiores da página possuem maior destaque e atenção do visitante.

 

Quer aprimorar as suas campanhas e ter chamadas realmente efetivas? Entre em contato com a Go Biz e agende uma reunião. Não perca esta oportunidade!

Paloma Barra Sobre o Autor