Saiba como a produtividade e eficiência do time comercial afeta o seu negócio

 

Para vender bem é necessário primeiramente ter um bom produto. Depois disso, entram uma série de recursos que vão dar notoriedade à marca e ao produto e fazer dele um objeto de desejo do consumidor. Mas engana-se quem pensa que apenas um setor é o responsável por esse sucesso. Os profissionais empenhados na ascensão de uma marca vão desde os que estão no atendimento até a presidência, caso se trate de uma grande corporação. A questão é que existem profissionais chaves nesse processo e que podem fazer toda a diferença no volume de vendas: o time comercial. Você sabe como a produtividade desta equipe pode impactar no seu negócio? Então não deixe de ler este artigo até o fim.

 

O que está por trás do trabalho do time comercial

Primeiramente é preciso entender que existe uma estratégia por trás das ações do time comercial. O trabalho realizado com inbound marketing é o que gera os leads com os quais estes profissionais irão trabalhar. Ou seja, depois de colocada em prática toda a técnica para atrair pessoas para uma rede de relacionamento, é chegado o momento de o time colocar a mão na massa e realmente vender o produto ou serviço comercializado pela empresa.

 

A forma de trabalho do time comercial, por sua vez, faz toda a diferença no resultado final. Isso porque, mesmo que uma série de leads qualificados tenham sido selecionados, a perda de uma oportunidade ou então algum deslize na hora de tentar fechar uma compra pode fazer com que todo o trabalho tenha sido em vão. Isso significa que avaliar constantemente o time comercial, nada mais é do que acompanhar a evolução do próprio negócio. Um grupo desanimado, desmotivado e que não acredita no que vende e nem nos pilares que a empresa prega, dificilmente conseguirá convencer outras pessoas a comprar.

 

Mais que nunca estamos em um momento em que o relacionamento fala mais alto. E isso significa que o comportamento de quem está dentro da empresa está sendo vigiado mesmo fora do horário comercial. Colaboradores que consomem o que vendem na vida real são a prova viva de que aquilo é bom, útil e tem valor. Isso traz credibilidade e desperta ainda mais o desejo. A imposição do que comprar hoje não existe mais. Agora, o que traz resultado é mostrar o valor agregado que o produto ou serviço está disposto a oferecer. 

 

Métricas para avaliar os resultados 

Avaliar as métricas de performance do time comercial é necessário tanto quanto as demais. Isso pode ser feito por meio das taxas de conversão em cada etapa do funil. A mensuração neste caso é de como está o aproveitamento dos leads. Além dos leads que convertem em vendas, o tempo do primeiro contato e a aderência ou não às etapas definidas no processo comercial pela empresa também devem ser avaliadas.

 

Porém, todas essas métricas alinhadas só trarão resultado se este time comercial estiver empenhado em vestir a camisa. Se constatado que este não é um problema e os dados não estiverem favoráveis, a empresa precisa se preocupar.

 

As métricas podem não estar tão boas devido à perda de tempo com atividades extras às negociações, por exemplo, o que tem que ser resolvido. Uma solução é delegar essas funções mais burocráticas a outros profissionais ou realmente enxugar os procedimentos. Lembre-se que a prioridade é sempre o processo de vendas.

 

Automatizar os orçamentos mais simples e os e-mails de rotina também podem ajudar a tornar o trabalho do time comercial mais eficiente. Empenhado, com tempo e recursos para vender mais, o time tem um grande potencial de alavancar uma empresa para outro patamar.

 

Dê o subsídio adequado para o seu time comercial 

 

Agora que você já sabe como preparar sua equipe para lidar com os leads de maneira eficiente, o que acha de aumentar essa prospecção de clientes? A Go Biz faz um trabalho de marketing digital voltado a isso e está pronta para ajudar. Entre em contato e agende uma reunião!